fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Festival BH Artes Cênicas terá mais de 50 atrações até o fim de julho

Por thiagofonseca*

06/07/2018 às 12:05

Publicidade - Portal UAI

Cadê o público que estava aqui? Foi baseada nesta pergunta que o Festival BH Artes Cênicas chega para fomentar o movimento na plateia no mês de julho. O evento promete buscar um intercâmbio cultural entre grupos, produtores e artistas de todo o país. Serão 62 espetáculo em cartaz, quatro oficinas e três debates/palestras.

O evento surge da constatação que era preciso pensar em semelhante à Campanha de Popularização do Teatro e da Dança para as férias do meio do ano.  “Vivemos um período complicado nas artes cênicas. Criamos o Festival para buscar novas alternativas. Dessa forma, fazer parcerias, entender melhor o que desperta o interesse do público, ou o que o afasta e, assim, fortalecer nossa arte”, explica Rômulo Duque, presidente do Sinparc.

Fomento

Festival de Teatro de Curitiba é uma inspiração, já que trabalha com espetáculos de todo país. Entretanto, mesmo com a promessa de intercâmbio com outros Estados, o Festival BH Artes Cênicas surge apenas com espetáculos de Minas. Segundo Rômulo a crise que afeta o país impediu trazer produções de fora. Mas, mesmo assim, era necessário já por o projeto em prática.

“Vamos começar com as produções daqui, independente se são inéditas ou não. Anunciamos o Festival e quem estivesse com espetáculo em cartaz se inscreveu. Estamos dando espaço para produções profissionais. O BH das Artes Cênicas se difere da Campanha por trazer espetáculos em estreia e a formação’, pontua Rômulo.

Estarão em cartaz 40 atrações adultas e 22 infantis, entre espetáculos de drama, comédia, contemporâneo, além de musicais e dança. ‘Açoteia’, ‘Amar-te’, ‘180 Dias de Inverno’, ‘Gua-ra-pa-rir’, ‘O Pródigo’, ‘Os Inocentes’, ‘A Bela e a Fera’, ‘Alice no País das Maravilhas’, ‘Mágico de Oz’, ‘O Rei Leão’ e outros estarão em cartaz. Algumas peças contarão com acessibilidade física, visual e auditiva.

Claro que a criação de todo novo evento deve ser celebrada, mas vale também o cuidado para não fazer mais do mesmo.

A atriz e diretora Rita Clemente ministrará duas oficinas no Festival – Foto: Bianca Aun / Divulgação

Atividades de formação

Para levantar a discussão sobre o público o Sinparc convidou profissionais da cena teatral do Brasil e de Minas. Eles estarão reunidos em debates e palestras. Entre os temas a serem abordados, questões ligadas a políticas públicas, ações de fortalecimento da produção teatral, economia criativa.

Na programação das ações formativas estão as palestras: ‘Política Pública’, ‘Cadê o público que estava aqui?’ e ‘Ações para fortalecimento da produção’. Roberta Luchini ministrará a oficina ‘Vivência em MoE: aplicando o teatro às educação’, Rita Clemente as oficinas ‘Processos criativos: a criação como ferramenta para o trabalho do ator’ e ‘Exposição de cenas em processo’. Por fim, o Grupo Quatroloscinco ministrará a oficina ‘A palavra em Cena!.

A programação completa, ingressos e as inscrições para as atividades de formação você confere aqui.

photo

Armazém Cia de Teatro atualiza Hamlet com tecnologia e boas interpretações

Em 30 anos de carreira, há pelo menos 20 a Armazém Cia de Teatro inclui Belo Horizonte na rota de todos os seus espetáculos. Isso significa que pelo menos desde Alice, através do espelho (1999), montagem mítica na carreira do grupo, quem gosta de teatro na cidade observa o desenvolvimento da direção de Paulo de […]

LEIA MAIS
photo

Diálogo Crítico: as reverberações psicanalíticas de ‘Mergulho’

Culturadoria dá continuidade à série Diálogo Crítico com um convidado. Fernando Araújo, psicólogo e antropólogo é quem escreve sobre Mergulho. O espetáculo dirigido por Rita Clemente, com André Senna, Flávia Pyramo e Bruno Figueroa esteve em cartaz durante o Verão Arte Contemporânea 2018.   Crítica de Fernando Araújo Escrever a respeito de um espetáculo, remete-nos, […]

LEIA MAIS
photo

Cinco peças da Campanha que eu já vi e recomendo

A Campanha de Popularização do Teatro e da Dança chega a sua 43ª edição com a oferta de 192 espetáculos. Para você não ficar perdido, fiz a seleção de 15 peças divididas em três grupos: aquelas que eu já vi e recomendo, as que eu ainda não vi mas vou ver e, por fim, as […]

LEIA MAIS